Novidades Nas Normas Contábeis Para 2018

Novas normas contábeis apontam em 2018, trazendo mudanças significativas para o cenário contábil brasileiro. Empresas que já conheçam seus impactos e estão preparadas para os desafios e oportunidades, certamente se destacarão.

 

Mensuração das receitas

 

Essa norma está atualmente disposta de acordo com CPC 47 — Receita de Contrato com Cliente — e corresponde ao IFRS 15 — Revenue from Contracts with Customers. Apresentada na Resolução do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e das Normas Brasileiras de Contabilidade (NBC) e que afeta empresas de diferentes setores, começa a vigorar em janeiro de 2018 e revoga todas as normas vigentes relacionadas ao reconhecimento de receitas, passando a exigir o reconhecimento das receitas com base na transferência do objeto comercializado.

 

Instrumentos financeiros

 

Foi aprovada no final de 2016, de acordo com o CPC 48 — Instrumentos Financeiros corresponde ao IFRS 9 — Financial Instruments. Também com vigência a partir de janeiro, a norma determinará princípios para relatórios financeiros e contratos relacionados aos ativos e passivos, ou como definido pela própria norma, instrumentos financeiros. A norma objetiva maior controle e transparência dessas atividades.

 

Contratos de arrendamento

 

O CPC 06 é relacionado à norma internacional International Accounting Standard (IAS) 17 — Leases e embora a atual tenha vigência até dezembro de 2018, já está em preparação nova norma que passará a vigorar em janeiro de 2019. A norma atual rege a segregação entre o arrendamento financeiro e o operacional. Para a nova regulamentação, apenas um único modelo será aceito, sem teste de classificação para o arrendatário.

 

Essas novas normas terão diferentes impactos nas organizações, de forma que é imprescindível mapear novos cenários e buscar melhores soluções, mostrando não só o comprometimento com as normas e órgãos fiscalizadores, bem como um diferencial competitivo frente a um ambiente de mudanças.