Impacto Do SPED Nas Auditorias

O Sistema Público de Escrituração Digital - SPED é uma ferramenta tecnológica, instituída em 2007 pelo Fisco, com o objetivo de unificar o recebimento dos arquivos em formato digital e padronizar seu registro nas escriturações contábeis e fiscais das empresas.  Mas o SPED não impacta somente nas áreas contábil, fiscal e tributária. O cruzamento dos dados disponibilizados nos seus módulos permite que a Receita identifique fraudes e inconsistências e isso leva o alcance desse impacto até a gestão do negócio como um todo, aumentando a demanda pela auditoria interna, por exemplo.

 

Falar sobre auditoria no Brasil tornou-se algo necessário em épocas de fraudes e corrupções. Sendo o SPED um dos sistemas mais modernos de fiscalização, atentou as empresas para evitar autuações e melhorar seus processos referentes as informações contábeis e fiscais. Esse efeito fez com que a auditoria interna se tornasse uma necessidade. 

 

A auditoria interna, se contratada habitualmente, reduz drasticamente a ocorrência de fraudes e corrupções nas empresas, visto que melhora a qualidade das informações contábeis, diminuindo o retrabalho e detectando possíveis fraudes e irregularidades no início dos processos. Tornando os procedimentos de fiscalização mais ágeis e assertivos, o SPED também ocasiona maior interesse da auditoria contábil com o uso da tecnologia.

 

Sendo assim, tanto a auditoria contábil quanto a auditoria interna, precisam oferecer serviços qualificados, com ferramentas ágeis e atuais, a fim de atender aos clientes que precisam adequar seus processos. Com o SPED, as Receitas Federal e Estaduais não precisam mais de visitas presenciais dos auditores nas empresas, para checar fisicamente livros e registros contábeis. Os procedimentos são realizados em tempo real, muitas informações são analisadas em modo eletrônico e índices são gerados automaticamente, realizando o cruzamento dos dados em poucos segundos.

O SPED modernizou os processos de identificação de fraudes, e com a Receita fiscalizando de forma mais rápida, as empresas ficam expostas a um risco fiscal bem maior, levando as auditorias a acompanharem os processos na mesma velocidade. Os procedimentos tradicionais da auditoria contábil, como análise dos documentos em papéis por amostragem por exemplo, está se tornando ineficaz com essa transformação nos mecanismos fiscais.

Atualmente, a fiscalização já analisa quase que integralmente as informações em modo virtual e em tempo mínimo, de modo que a auditoria contábil e auditoria interna também tem praticado ações para adotar modernizações, sendo que o uso da tecnologia se tornou essencial para um resultado preciso e rápido.

Entre em contato com a TATICCA, que atua com serviços integrados de auditoria, contabilidade, impostos, corporate finanance, financial advisory, risk advisory, tecnologia, consultoria empresarial e treinamento, para obter mais informações, pelo www.taticca.com.br ou e-mail taticca@taticca.com.br e saiba mais. Nossa empresa conta com profissionais com ampla experiência no mercado e possui metodologias certificadas para a realização das atividades.