A Importância Da Auditoria Externa Na Detecção De Fraudes

A auditoria externa, também conhecida como auditoria independente ou auditoria contábil, é vista como serviço de extrema importância dentro das empresas, principalmente porque as fraudes crescem na mesma velocidade das tecnologias.

 

O objeto da auditoria externa (auditoria independente ou auditoria contábil), que compreende o exame dos elementos do patrimônio, a partir de normas e procedimentos aprovados pelos órgãos reguladores, tem como uma das principais funções promover análises sobre fraudes.

 

Por diversos fatores, desde a facilidade em fraudar documentos até pela falta de fiscalização, diariamente empresas de todos os portes são alvos de algum tipo de fraude. Como a auditoria externa investiga em profundidade e entende os fatos ocorridos, a contratação de um profissional de auditoria vem se tornando uma prática habitual dentro da gestão das empresas.

 

Por isso, alguns estudiosos da área consideram a detecção de fraudes um dos principais objetivos de um processo de auditoria externa. Nesse contexto, o profissional que realizará a auditoria externa, precisa obter várias informações para certificar-se das opiniões e conclusões que surgirão a partir do seu trabalho. Basicamente, ele executará a conferência dos registros contábeis para confirmar sua veracidade.

 

Através desse processo, a auditoria externa, além de verificar as contas e registros financeiros da empresa, também garante a correta prestação de contas do patrimônio. Em caso de descoberta de fraudes, ela verifica qual a sua dimensão e sugere melhorias nos controles objetivando impedir que outras fraudes venham a ocorrer no futuro.

 

Atualmente, os fatores citados acima vêm expondo empresas públicas e privadas a ocorrência de fraudes, o que requer um trabalho sério dos profissionais da área, fazendo com que a auditoria externa atue cada vez mais em torno da detecção e prevenção das mesmas.