O Objetivo Da Auditoria Externa?

Uma auditoria externa é um exame independente das demonstrações financeiras preparadas pela organização. Geralmente é realizado para fins estatutários (porque a lei o exige), mas realizar a contratação de uma empresa de auditoria externa pode apoiar na governança corporativa com diagnósticos, temas contábeis, tributários, controles internos e inúmeros temas correlatos.

objetivo da auditoria externa

Uma auditoria resulta em um parecer de auditoria sobre se as demonstrações financeiras dão uma imagem "verdadeira e apropriada" da:

  • posição financeira e econômica da organização e
  • operações do período

Uma auditoria externa pode ser conduzida como parte da revisão anual de contas ou como uma revisão especial para períodos e áreas específicas. É realizada por uma empresa registrada de contadores com qualificações profissionais reconhecidos, como o CRC, CVM, IBRACON, CPA, ACA ou ACCA.

A auditoria externa é da organização, o que significa que o auditor não deve ter sido envolvido em manter os registros contábeis e não estar pessoalmente ligado de alguma forma com a organização a ser auditada. O auditor e a empresa de auditoria devem cumprir normas e documentar os procedimentos que garantem essa independência, o que é objeto de fiscalizações de entidades reguladoras como CRCs e CVM.

A finalidade da auditoria externa:

O objetivo da auditoria externa é verificar que as contas anuais fornecem uma imagem verdadeira e apropriada das finanças da organização; e que a utilização dos fundos está em conformidade com os objetivos e objetos formais das entidades. Não é o papel primordial da auditoria detectar fraudes, embora isso possa, obviamente, vir à luz durante as verificações que ocorrem.

O objetivo da auditoria externa no melhoramento de processos:

O auditor só tem um tempo limitado para planejar, executar e concluir o seu trabalho. Assim, o auditor se concentra em testar a validade de uma amostra de operações e resultados, em vez de se vigorosamente verificar tudo. A auditoria deve ser uma experiência positiva e não um para ser temido; é uma oportunidade de receber feedback sobre pontos fortes e fracos dos sistemas. Use o seu auditor para discutir formas de melhorar seus sistemas e procedimentos contábeis e sempre incentivar a apresentação de uma carta de recomendação, que resume as conclusões, destaca os pontos fracos e faz recomendações para melhorias.